Desempenho ambiental dos aviões

28 de julho de 2015 -
© Boeing/John D. ParkerBoeing 757

Boeing 757 testa novas tecnologias: menos consumo de combustíveis

A Boeing e a Embraer celebraram uma parceria para testar tecnologias capazes de melhorar o desempenho ambiental de seus aviões. Pelo acordo, um avião da Embraer será utilizado para a realização de testes a partir de 2016 no âmbito do Programa ecoDemonstrator da Boeing. Criado em 2011, o programa busca acelerar o emprego de tecnologias com potencial para reduzir o consumo de combustível, as emissões de carbono e o nível de ruído, fazendo-as amadurecer mais rapidamente. Mais de 50 tecnologias já foram testadas em modelos da Boeing como o Next-Generation 737-800, o 787 Dreamliner e o 757. “A inovação é um dos principais pilares da estratégia da Embraer e temos satisfação de continuar nosso trabalho com a Boeing para apoiar o crescimento sustentável da indústria da aviação”, disse Frederico Curado, presidente da Embraer, que assinou memorando de entendimento com Marc Allen, presidente da Boeing Internacional, durante a cúpula de comércio Brasil-EUA, que ocorreu durante a visita oficial da presidente Dilma Rousseff aos Estados Unidos, no fim de junho. “Estamos comprometidos com a inovação e o desenvolvimento de tecnologias que podem ajudar a atender às metas ambientais da aviação”, disse Allen, da Boeing. “Trabalhando juntos, avançaremos para melhorar a eficiência da aviação e reduzir o impacto ambiental.” As duas empresas trabalham juntas desde 2012 numa iniciativa para melhorar a segurança de pousos e decolagens e no programa do cargueiro militar KC-390. Em 2015, inauguraram um centro conjunto de pesquisa em biocombustíveis em São José dos Campos (SP). Desde 2012, a Boeing tem trabalhado em parceria com fornecedores, companhias aéreas e agências governamentais em testes no programa ecoDemonstrator. As tecnologias testadas incluem um novo winglet, componente posicionado na extremidade da asa, revestimentos que podem aumentar a eficiência aerodinâmica do avião, softwares para melhorar a eficiência em voo e novos tipos de biocombustível. Já a Embraer incorpora requisitos ambientais nos aviões através de seu Programa de Desenvolvimento Integrado do Produto Ambientalmente Sustentável.

Deixe uma resposta